Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Os Meus Quarenta!!!

Eu... os meus filhos... a minha família e a minha vida... as receitas cá de casa e outras coisitas que surgirem no meu caminho!

Os Meus Quarenta!!!

Eu... os meus filhos... a minha família e a minha vida... as receitas cá de casa e outras coisitas que surgirem no meu caminho!

Ter | 05.11.13

Costeletas de Borrego Grelhadas à Shoarma

 

Se há coisa que gosto é de especiarias e de fazer várias misturas, de experimentar coisas novas e de temperos diferentes. Por isso quando vou às compras, ando sempre há procura de temperos e afins para experimentar. De molhos já não sou tão apreciadora. Gosto mesmo é de especiarias e ervas para temperar e barrar.

 

Geralmente gosto de ser eu a fazer a mistura, mas já há no mercado, misturas feitas, que se revelam bem boas. A da marinada de hoje é um exemplo desses.

 

 

Ingredientes

 

4 costeletas de borrego 

1 embalagem de Sabores do Mundo Knorr Shoarma

1 iogurte natural 

2 cenouras cruas descascadas e partidas aos palitos

6 folhas de alface lavadas

sal

 

 

 

Preparação:

 

§ Misturar o preparado do molho alho no iogurte (na embalagem diz para pôr maionese, eu não o faço) e pôr no frigorífico;

 

§ À parte fazer a marinada, é só misturar o conteúdo da saqueta com um fio de azeite e envolver as costeletas. Temperar previamente as costeletas com sal, mas só mesmo uma pitada. Deixar as costeletas nesta marinada durante 10 min., depois é só grelhá-las;

 

§ Cortar as cenouras cruas aos palitos e lavar a alface. 

 

Pronto já está! Comer os palitos de cenoura crua e a alface (faço rolinhos) com o molho de iogurte e alho. As costeletas comer assim que saiem do grelhador.

 


 

Quero só dizer que não gasto uma embalagem de uma só vez. Cá em casa se não for para muitas pessoas (hoje só para dois), faço render para três ou quatro refeições. À vontade. 

 

Seg | 04.11.13

Medalhões de Pescada no Forno

 

Geralmente faço uma travessa maior de peixe, mas devido à marmita de filho e de almoço isolado saiu esta pequena amostra. Mas a receita base é sempre esta, para preparar este tipo de peixe despinhado, pelo menos cá por esta casa. Então aqui vai.

 

 

Ingredientes:

 

4 medalhões de pescada (neste caso, mas o número é determinado pela necessidade)

alho em pó

sumo de limão

sementes de funcho macerado/partido nas mãos

mistura de especiarias para peixe sonnentor

1 cebola

sal

 

 

 

 

Preparação Forno:

 

§ Começar por descongelar os medalhões e de seguida tempera-los com o sal, alho em pó, a mistura de especiarias sonnentor, o funcho esmigalhado e o sumo de limão. Reservar durante 15 a 20 min.;

 

§ Cortar a cebola em meias luas, pôr no fundo de um pirex e regar com um fio de azeite;

 

§ Colocar por cima da cebola o peixe reservado e colocar um fio de azeite por cima do peixe;

 

§ Levar ao forno a 180º, durante 20 a 25 min. e fica pronto.

 


Dom | 03.11.13

Frango de Cerveja com Pimento

 

Ora bem, há quem adapte receitas feitas de modo convencional à bimby, pois aqui foi o inverso. Adaptei, pois as quantidades que faço deste frango são superiores à da capacidade da bimby. A receita é da revista "Momentos de Partilha" nº 1  de Março de 2008 da série que era só para assinantes, e por mim adaptada para tacho anti-anderente com adição de ingredientes.

 

 

Ingredientes:

 

1,5 kg frango em pedaços

½ pimento encarnado lavado, sem grainhas e partes brancas

1 garrafa de cerveja de 20 cl

1 cebola

2 dentes de alho

2 tomates chucha maduros

1 colher de chá bem servida tempero para aves margão 

2 folhas de louro aos pedaços

sal

 

 

Preparação:

 

§ Começo por lavar o frango e enxugá-lo, depois tempero de sal e polvilho com o tempero para aves margão para ganhar gosto. Reservar;

 

§ De seguida cortar o pimento aos cubinhos e reservar;

 


 

§ Picar a cebola, os dentes de alho e o tomate despelado e sem grainhas numa picadora, de modo a ficar a gosto de cada um;

 

§ Colocar os ingredientes anteriores e misturá-los com o pimento reservado num tacho anti-aderente com um fio de azeite e refogar esta mistura em lume brando, até ficar amolecida;

 

§ Juntar o frango ao refogado e ir alourando todos os pedaços;

 

§ Depois do frango estar louro por todos os lados, rectificar de sal, juntar a cerveja e o louro e deixar guisar por 20 min. ou até estar tenro, em lume brando.

 

E pronto já está! Receita fácil, gostosa e rápida!

 

Ao contrário das outras receitas que aqui tenho publicado, esta não tem fotografias do produto final, pois tivemos visitas-surpresa nesse dia e eu esqueci-me completamente das fotos. Tiro numa próxima e edito o post. 

 

Sab | 02.11.13

Sopa de Feijão Verde com Farinheira na Bimby

 

Esta sopa é à moda da minha mãe (e de certeza de muitas outras mães). Porquê? Porque leva farinheira. Uma das memórias que tenho de infância, é que a minha mãe fazia esta sopa geralmente ao fim de semana e a farinheira ficava para petisco ao final do dia. A diferença para a sopa da minha mãe, é que a da mãe ficava com a gordura a boiar no caldo, na minha, como ponho a farinheira a cozer na varoma, não existe gordura no caldo.

 

 

Ingredientes:

 

400 gr feijão verde cortado às tirinhas finas

1 farinheira

250 gr batata

250 gr abóbora

100 gr cenoura para a base

2 cenouras às rodelas para a varoma

80 gr tomate chucha (bem madurinho) despelado e sem grainhas

100 gr cebola

2 alhos 

25 gr azeite

1000 água

sal

 

Preparação na bimby:

 

§ Lavar o feijão verde, tirar os fios de lado e cortar em tirinhas finas. Cortar as duas cenouras às rodelas. Pôr o feijão verde, as cenouras e a farinheira na varoma e reservar;


 

§ No copo colocar os restantes vegetais, lavados e descascados, a água e o sal;

 

§ Colocar a varoma e programar 30 min/temp. varoma/vel. 1;

 

§ No final do tempo juntar o azeite ao conteúdo do copo e triturar durante 15 seg.;

 

Ao triturar a sopa, fazer progressivamente, Vel. 3,5,7. É fundamental esperar 3 a 5 seg. antes de abrir a tampa, para permitir a estabelização do líquido e evitar o perigo de salpicos.

 

§ Juntar os legumes da varoma, incluíndo a farinheira. Juntar água se necessário e rectificar o sal;

 

§ Programar 5 m/temp. 100º/colher inversa.

 

 

Já está! Bom Apetite!!!

 

Pág. 6/6